quarta-feira, 25 de novembro de 2009

O ARCANJO TRANCA RUA


Recentemente publiquei aqui um relato sobre a minha tia Lita, católica até dizer chega, e a convicção da velha de que Exu Tranca Rua ajudou a seleção brasileira na copa do mundo de 1978.

Imagino que alguns leitores tenham duvidado da veracidade do fato. Ninguém ficou, porém, mais surpreso que eu com uma revelação que o texto proporcionou. Minha tia Nadja, ao comentar a história, fez a seguinte observação:

Tia Lita andava com o terço realmente; empregava a religião católica e frequentava a igreja da Gloria. Vivi com ela após a subida de papai, você sabia que ela nunca largou um bonequinho (diabinho com chifre e tudo) de arame envolvido com lã preta e vermelha que ela chamava de Traca Rua? Ela dizia que quando desencarnasse queria levá-lo com ela na mão esquerda, e assim foi feito por Beta e Sandra. Na realidade eu sempre acreditei que ela era a maior devota de Tranca Rua.

Fiquei estupefato. Tia Lita, que passava o Natal assistindo a Missa do Galo diretamente do Vaticano, estimulava os sobrinhos a fazer aulas de catecismo, sabia cantar a musiquinha do milagre de Fátima, respeitava a quaresma, falava mal de macumba e rezava o terço antes de dormir, tinha um diabinho de arame envolvido com lã preta e vermelha que se chamava Tranca Rua! E mais: Foi enterrada com o exuzinho na mão esquerda.

O Bruno Ribeiro, ao ler o comentário da Tia Nadja, mandou logo em seguida: Essa maravilhosa revelação da Tia Nadja explica muita coisa sobre o Brasil. Eis mais uma prova inconteste de que esse país não é recomendado para principiantes...

É verdade. Já tivemos presidente da República que recebeu passe de um caboclo no Mercadão de Madureira [leiam aqui ] ; Carlota Joaquina virou pomba gira de quimbanda; D. João VI, D. Sebastião e o rei de França Luís XIV descem em terreiros de encantaria no Maranhão; um médium de Miracema psicografou mensagem do cavalo que o Marechal Deodoro da Fonseca montou na noite da proclamação da República [fato que rendeu notícia do antigo jornal A Luta Democrática ] ; o presidente Collor de Melo afirmou a uma revista de mulher pelada que foi D. Pedro I em outra encarnação; um boi cearense recebeu o espírito do Padre Cícero na época em que o sacerdote ainda estava vivo e um livro sobre a Inconfidência Mineira, recomendado em antanhos pelo Ministério da Educação, afirma que Tomás Antônio Gonzaga voltou ao Brasil quase cem anos depois de morto como o escritor Monteiro Lobato. A minha revelação predileta é a do pai de santo da Baixada Fluminense que afirmou a um jornal umbandista, em meados dos anos sessenta, que Pelé e Coutinho eram as reencarnações de Marx e Engels.

Esse é o Brasil inusitado, o que justifica o longo parágrafo acima. O que dizer, por exemplo, da declaração que o prefeito de Porto Seguro em 1994, João Mattos de Paula, fez durante um comício em praça pública, na presença do presidente Fernando Henrique Cardoso:

Presidente Fernando Henrique, acabo de voltar de um centro espírita, onde Pedro Álvares Cabral cumprimentou-me pelo desempenho à frente da prefeitura.

E agora, para completar, descubro que a tia-avó queridíssima que tentou de qualquer forma me fazer católico; me ameaçou com o fogo dos infernos; me obrigou a ir ao cinema para ver a reedição de Marcelino, Pão e Vinho; amaldiçoou o carnaval como festa do capeta e tentou convencer minha avó a me tratar com um padre psicólogo especialista em curar traumas de filhos de pais separados; guardou a vida inteira, quem sabe atrás do crucifixo, um tranca ruazinho de arame, com chifre e o escambau, que foi enterrado com ela.

Sabe de uma coisa: Passei a sentir, nesse exato instante, uma saudade aguda da velha Tia Lita. Que Seu Tranca Rua, tirando onda de arcanjo, guarde bem a minha tia, ao lado dos querubins e serafins do Paraíso. Ela merece.

Saravá!

8 comentários:

Diego Jorge disse...

Sem dúvida alguma, esse é o melhor blog da Internet!
Pelé e Coutinho como reencarnações de Marx e Engels é pra chorar de rir!!!

Um Saravá pro seu Tranca e pra tia Lita!!!!

Diego Moreira disse...

Mojubá, Tia Lita! A maior psicóloga infantil do mundo!

Arthur Tirone disse...

Ih Simão! O Histórias Brasileiras já está com um parafuso a menos. O doido de pedra Histórias do Brasil começou assim...

NADJA GROSSO disse...

Simas gostei! esta era a intensão dela que seu Tranca Rua tomasse conta dela, imagina como ela deve estar feliz tendo conhecimento do que você escreveu tenho certeza ela sabe. Seu TRANCA RUA como arcajo ao lado dela rsrsrsrsrs lindo.

Claudio Renato disse...

E caberá à Fundação Cacique Cobra Coral explicar por que ocorreu o apagão. A BBC de Londres está preparando reportagem sobre isso.

Abraço

Mariara disse...

Que texto ótimo!!
Esperta essa Tia Lita!

Pedrinho Vários Um disse...

Uma maravilha esse texto!

O melhor disco de soul music do Brasil foi gravado sob influência da cultura racional. Há poucos dias eu conheci o embaixador de Marte na terra. E ele é brasileiro. Brasil!

Roseane disse...

Esse é o Brasil que amo!!! Com certeza, é realmente o melhor blog da internet.