quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

É NATAL NO BRASIL


Então é Natal - provavelmente a festa comemorada da forma menos brasileira entre todas as festas. No sudeste a coisa é na base de neve, Papai Noel, renas, avelãs, amêndoas, nozes, missa do Galo, lapônias, estônias, lituânias e islândias mais geladas que a sala de conservação de corpos do Instituto Médico Legal.

Vamos dar o crédito a quem de direito. É aniversário de Jesus Cristo, um sujeito bom, subversivo, que gostava de andar entre o povo de rua [Laroiê!] e , não obstante o que os carolas acham, transformou água em vinho mas nunca ousou mudar o vinho em água. O cabra era o Filho do Homem - e aí é feito a Invenção de Orfeu do grande cristão Jorge de Lima: mentira pra quem não crê e milagre pra quem sofreu. Minha tia, por exemplo, diz que ele é o maior dos encantados - e que encantaria bonita, a do terceiro dia.

Mas nós temos um Natal brasileiro, ora pitombas. Um Natal de festa, com música, sol, verão, cachaça, caju, moças bonitas, saias rendadas, sanfonas, violas, zabumbas, namoros e folguedos. Me refiro ao ciclo nordestino do pastoril e da lapinha, com a disputa entre os cordões azul e encarnado, anunciando as breves folias dos Santos Reis.

Cresci numa família de nordestinos, entre pernambucanos e alagoanos de boa pipa. Aprendi com a avó e a tia canções de desafio dos cordões e de louvor ao Deus menino. Desde que me entendo por gente tenho em casa um LP que o grande Marcos Pereira lançou chamado Natal Brasileiro, com doze cantos nossos sobre a Natividade. Cantos do povo.

É por isso que desejo ao amigos um feliz natal, com gosto e alegria do Brasil e de sua gente pobre. Nada melhor, portanto, que o Papai Noel cante pra subir, vá catar coquinhos nas geleiras e abra passagem para Jackson do Pandeiro. Lapinha de Jerusalém é um clássico do cancioneiro canarinho. Nós, letrados daqui do sul, é que somos um bando de gente sem graça. Um brinde brasileiro, camaradas, com cachaça da boa e batida de caju, ao Menino Deus. Êh, Brasil!


Feliz Natal!

7 comentários:

NADJA GROSSO disse...

Simas a mamãe e a tia Lita eram do pastoril, tenho foto delas com vestimentas do cordão vermelho e azul, muito lindo.

O encarnado quando passa arrasta a multidão
Com o vermelho sangue que é a cor do coração

Com o cordão azul anil ninguém fica parado
O azul céu é presente, o encarnado é passado

Vem cá meu povo, vem pro lado de cá
Pelo encarnado você vai se apaixonar

Vem fazer festa no cordão azul anil
O cordão que briha nesse nosso pastoril

Eu sou a Daina laia
E faço harmonia das cores que brilham
Pra nossa alegria
Eu sou a Diana laia
Meu peito é cravado
Pelo azul anil e o vermelho encarnado

Vem cá meu povo, vem pro lado de cá
Pelo encarnado você vai se apaixonar

Vem fazer festa no cordão azul anil
O cordão que briha nesse nosso pastoril
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.
Eu sou a mestra do cordão encarnado
Eu sou a contra mestra do cordão azul
E eu sou a Diana e passo dia ao lado
Do cordão azul e do cordão encarnado

E eu sou o anjinho, a todos levo o amor
Eu sou a ciganinha, e danço com esplendor

Eu sou a mestra do cordão encarnado
Eu sou a contra mestra do cordão azul
E eu sou a Diana e passo dia ao lado
Do cordão azul e do cordão encarnado

Eu sou a camponesa, trago flores para enfeitar
Eu sou a estrelinha, ilumino onde passar

Eu sou a mestra do cordão encarnado
Eu sou a contra mestra do cordão azul
E eu sou a Diana e passo dia ao lado
Do cordão azul e do cordão encarnado

Eu sou a borboleta, passeio pelos cordões
Bato asas para a beleza
Das pastoras do meu coração

Eu sou a mestra do cordão encarnado
Eu sou a contra mestra do cordão azul
E eu sou a Diana e passo dia ao lado
Do cordão azul e do cordão encarnado

Nosso Pastoril
(Jc Pinho)

Nossa origem e linda, nossa familia maravilhosa, fazemos parte da cultura BRASILEIRA SOMOS NORDESTINOS DE RAÇA, Sangue e Coragem, beijos no coração.

AOS QUARENTA A MIL disse...

Simas,

antes de mais nada desejo a você e todos os seus todas as energias positivas possíveis.

Bom , adoro este Natal de neve artificial na árvore, coquinho , castanha e o escambau que nos é vendido , adoro qualquer porra que for feito no Natal inclusive Natal Nortista , Nordestino e etc desde que seja animado, se for te contar dos Natais com minha familia de Pernanbuco verás que ninguém nem lembra de Cristo, mas eu lembro e peço a ele por todos nós.

valeu demais conhecer teu blog, foi muito enriquecedor na minha vida.

Forte abraço,

M

Colagem Com @rte disse...

Adorei o blog, imagine quem me ensinou onde eu deveria ler foi o meu neto.
Brasil meu, nosso, somos daqui e dali... cada parte com suas lendas, tradição.
Fiz a minha árvore de natal, em vez de bolas, neve ... coloquei nossas frutas... sou ruim para escrever mas para ler e gostar ahhh sou muito boa ... Estou aqui voltarei sempre.
Tenho um blog, não sei de palavras, mas sei de imagens, é como me expresso .. tiro um pedacinho de tudo q vejo ... aiiii faço minha colagem.
http://colagemcomarte.blogspot.com/
Feliz natal BRASILEIRO, ano novo de PAZ ... até outro dia
Um abraço
Solange

AOS QUARENTA A MIL disse...

Feliz Natal menino!

Mauricio disse...

Simas,
saúde, felicidade e que você continue inspirado e dando show de bola nos seus textos.
Vamos ver se a gente se encontra, lá no Rodrigão, pra tomar umas.
Grande abraço,
Mauricio Carrilho

Guigo disse...

Simas, apenas um adendo para informar que folia de reis, reizados ou festa de reis, folguedos e pastoreios natalinos, acontecem em todo o Brasil (idem para os 'bois' e festas juninas).
Grande abraço e feliz 2010.

Anônimo disse...

parabens pelo blog...
Na musica country VIRGINIA DE MAURO a LULLY de BETO CARRERO vem fazendo o maior sucesso com seu CD MUNDO ENCANTADO em homenagem ao Parque Temático BETO CARRERO WORLD em PENHA/SC. Asssistam no YOUTUBE sessão TRAPINHASTUBE, musicas como: CAVALEIRO DA VITÓRIA, MEU PADRINHO BETO CARRERO, ENTRE OUTRAS...
VIRGINIA DE MAURO a LULLY é o sonho eterno de BETO CARRERO e a mão de DEUS.